A “psicóloga cristã” Marisa Lobo foi condenada judicialmente a pagar R$ 5 mil de indenização por danos morais aos membros do Conselho Regional de Psicologia. O conselho decidiu pela cassação do registro de Marisa, acusada de praticar a chamada “cura gay”.

A cassação do registro foi posteriormente revertida pelo Conselho Federal de Psicologia. Em um programa de tevê chamado “Vejam só”, a psicóloga comentou o caso ocorrido no Paraná e disse que foi vítima de um “julgamento armado”. Os conselheiros foram ao Judiciário por danos morais.

A decisão é do juiz Gaspar Luiz Mattos de Araújo Filho, do 11.º Juizado Cível Especial de Curitiba. Cabe recurso da decisão. A informação acima é do Rogerio Galindo da Gazeta do Povo.

Porque estamos falando dessa psicóloga?
Por que ela já conhecida de forma negativa pelas pessoas que buscam mudar o atual panorama da guerra as drogas. Inclusive ela apareceu na SUG8 com pérolas e um discurso bem raso sobre o tema. Ela é uma das responsáveis pela bandeira Maconha Não. E infelizmente, em todas as oportunidades que tem de criar um ambiente de debate sadio e favorável, ela usa a sua formação como base irrefutável dos argumentos que, quem conhece o mínimo sobre Maconha sabe que não é bem assim. Mas nós, juntos, vamos quebrar 5 dos argumentos dos videos dela. Partiu?

/p>

5Nesse vídeo ela fala que estamos sofrendo um golpe do estado….

“É um golpe publicitário, que falamos de descriminalização, regulamentação mas o que todo mundo quer é a legalização das drogas mesmo.”

É o que ela quer que você acredite, ou pelo menos que seus pais acreditem. Como dissemos acima, é muita inocência ter um conhecimento tão raso e querer falar de política. Esse artigo do Instituto Igarapé explica que descriminalização, regulamentação e legalização não são sinônimos. Portanto, ela não sabe o que está falando.

4O segundo é “Maconha é a porta de entrada pra qualquer drogas”.

Não Marisa, não é. Segundo esse artigo aqui, da gringa, explica que em duas pesquisas, em uma delas, mais precisa,  feita com 2.835 estudantes diz que grande parte das pessoas começou nas drogas com nove anos, ao tomar álcool pela primeira vez.

3“As propriedades da maconha são 7 vezes mais fortes que o Cigarro”

Poderiamos parar esse artigo por aqui né? Até porque a maioria das pessoas hoje sabem que no cigarro tem 5.315 substâncias (cerca de 4,7 mil nocivas) na fumaça do cigarro. O número pode chegar a 8.622 se também forem considerados os compostos presentes na folha do tabaco e os aditivos industriais. Eles são inseridos artificialmente para turbinar o cigarro em vários aspectos, como dar sabor e aroma mentolados ao fumo, diminuir a irritação (tornando a fumaça mais palatável) e potencializar os efeitos da nicotina. Logo outro argumento furado, sem veracidade e pior. Não há nada na internet que aponte esse dado.

2Quem defende a legalização, está sendo egoísta e não está pensando nos jovens. Eles não vão ter poder de escolha

Esse é outro ponto que muita gente comenta, mas não é nada verdade. Pare e pense, como é vendida a Ritalina, você vê crianças de 15, 16, 17, 18… anos conseguindo ritalina nas farmácias- sem receita médica? Pois é… A Marisa acha que se legalizar, vai ter maconha sendo vendida do lado da barraquinha de Pipoca, nas praças. Mas a realidade é outra, quem defende a legalização, regulamentação, a descriminalização ou uma das ideias de MUDANÇA na Política de Drogas do Brasil. Quer uma mudança na política de saúde e de educação, pelo ensino do que são essas drogas… Afinal você NÃO escuta Justin Bieber porque entende um pouco de música… Com a droga funciona da mesma maneira, esconder os nossos jovens da sociedade e colocar em uma caixa fechada, escura, escondida da população e falar para o povo: Olha se vocês usarem drogas vocês vão todos presos, isso é crime… Não resolve, já estamos há mais de 50 anos nesse papo e nunca resolveu, só criou outros grandes problemas, entre eles o aumento na população carcerária, a prisão e a morte de pessoas inocentes. Enquanto policiais que matam, políticos que roubam e crimes mais graves, contra a vida, continuam impunes ou com pena mais leve.

1A esquizofrenia e a Maconha

Esse é um dado bastante utilizado por quem quer colocar o medo nas pessoas. A maconha pode despertar a esquizofrenia. Segundo esse estudo, de Harvard, com 108 pacientes com esquizofrenia e 171, sem, descobriram que o histórico familiar de esquizofrenia que aumenta o risco de desenvolvimento, independentemente de haver ou não uso de Maconha. No entanto eles alertaram sobre a diferença nas propriedades de cada maconha, algumas são ricas em THC (que causa psicose) e outras em CBD (que trata a psicose).

Bom, agora a missão é compartilhar isso com seus amigos, familiares e tentar fazer esse link chegar até ela, quem sabe os argumentos dela mudam né? Afinal defender uma coisa sem pesquisar é feio. Somos uma metamorfose ambulante, é melhor ler e aprender do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Muda o pensamento Marisa!

https://www.facebook.com/psicologamarisalobo/?fref=ts

2 COMENTÁRIOS

  1. Querido blogueiro, sou totalmente a favor da legalização. Mas vou “dellaiquear” e não vou compartilhar teu texto por conta dos absurdos que fizeste com a Língua Portuguesa.

Deixe uma resposta para ed canto Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here