Apoiomedicos maconha

Uma família estava de boa em Sydney, na Austrália, comendo um churrasco, mas policiais armados invadiram a casa e tornaram as férias alugadas no Airbnb, serviço de acomodações, nas piores férias da história.

O rumo sombrio aconteceu no último 27 de dezembro, quando policiais armados invadiram a casa por conta de uma operação de cultivo de maconha em um dos quartos.

Dieter Winkler, sua companheira e seus cinco filhos estavam no meio de um churrasco em uma casa alugada de na Costa Dourada da Austrália quando 10 oficiais arrombaram a porta da frente, segundo o jornal local, The Daily Telegraph. Os oficiais deteram e interrogaram a família na sala de estar da casa por mais de cinco horas após descobrirem a instalação hidropônica que estava em um quarto trancado.

Ben, 13, Jack, 16, Jacquie, Noah, 10, Dieter Winkler e Sophie, 18, / Foto: Justin Lloyd .
Ben, 13, Jack, 16, Jacquie, Noah, 10, Dieter Winkler e Sophie, 18, / Foto: Justin Lloyd .

A família Winkler, gostou em torno de $1,260 – aproximadamente 3.539 reais nas 11 noites de estadia na casa, tinha sido dito pelo proprietário que o quarto onde o laboratório de maconha foi localizado tinha sido fechado por causa de uma falha elétrica.

A investigação continuou…
Dias depois, em 29 de dezembro eles descobriram a mulher de 40 anos de idade que teria recebido o pagamento e segundo eles ela que estava “produzindo ilegalmente a droga perigosa” e confirmou que a família Winkler não tinha conhecimento da operação.

Airbnb reembolsou a família com $3.100 – cerca de 8.707 reais para compensar as suas despesas originais e o custo de encontrar novas acomodações.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here