Apoiomedicos maconha

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está discutindo nesta terça-feira (11), a liberação do cultivo e produção de maconha para fins medicinais e científicos. A Diretoria da Anvisa (Dicol) falará primeiro sobre sobre os requisitos técnicos e administrativos para o cultivo da planta, única e exclusivamente para fins medicinais e científicos.

Também vai falar dos procedimentos para o registro e monitoramento de medicamentos produzidos à base de Cannabis spp., seus derivados e análogos sintéticos. As duas matérias têm relatoria do diretor-presidente da Anvisa, William Dib.

Se aprovados as duas propostas, elas serão levadas à consulta pública. Após essa etapa, os técnicos finalizam um projeto final que terá que ser votado pela diretoria da agência novamente. Ainda não há estimativa quando a norma técnica poderia entrar em vigor.

Participação na reunião
Segundo publicação no portal da Agência, informa que o tempo de manifestação oral foi dividido de forma a permitir que todos os inscritos para manifestações orais relativas (tentando mostrar os lados a favor e contra), acerca da maconha, nos itens 2.3.2 e 2.3.3 da Reunião Ordinária Pública 14, de 11 de junho de 2019 tenham a oportunidade de apresentar suas considerações sobre os itens de maneira breve e objetiva.

As informações a participação social nesse processo será garantida com o acolhimento das manifestações e contribuições, que poderão ser encaminhadas durante todo o período da Consulta Pública. Este instrumento possibilita o debate e o acolhimento das contribuições de todos os interessados.

Acompanhe ao vivo

/p>

Lista de convidados
O Portal SECHAT teve acesso à lista de pessoas que se inscreverem e foram aprovados para falar. Cada pessoa terá dois minutos para expor seu ponto de vista e suas justificativas para a regulamentação do uso medicinal da maconha.

Conheça a lista:

  • Ana Luiza Cavalcanti – representante da Rede Latinoamericana de Mulheres CanábicasAndre Cornelsen Brofman – advogado
  • Beto Vasconcelos – advogado da Comissão de Juristas para Revisão da Lei sobre Drogas
  • Daniel Kager – engenheiro, especialista em fertilizantes
  • Eduardo Kupper Pacheco de Aguirre – advogado
  • Elisaldo Carlini – cientista pioneiro em pesquisa sobre maconha no Brasil
  • Endy Lacet – diretora administrativa da Abrace
  • Euclides Lara Cardozo Junior – farmacêutico e bioquímico, desenvolve pesquisas na área
  • de plantas medicinais
  • Giordano Magri – advogado na área de Direitos Humanos
  • João Luiz Homem de Carvalho – professor da UnB das disciplinas de Agricultura Alternativa e Decrescimento
  • Juma Santos – ativista, avó de paciente com epilepsiaLaerte Dall’Agnol – farmacêutica bioquímica industrial
  • Leandro Cruz Ramires da Silva – presidente da Ama+me
  • Leonardo Scolari Aliende – pesquisador CNPq e presidente da Associação Canábica Serra da Mantiqueira
  • Luciana M. Nolli – farmacêutica, pesquisadora do uso da ayahuasca terapêutica
  • Margarete Brito – diretora executiva da Apepi (Apoio a Pesquisa e a Pacientes da Maconha Medicinal) e colunista do Sechat
  • Mario Luiz Grieco – médico, presidente da Knox Medical no Brasil
  • Nathan Marcelo Moreira e Fernando Mendes – empresários
  • Norberto Prestes – representante da Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica e de Insumos Farmacêuticos
  • Paulo Jordão – CEO da empresa Canapi
  • Pedro Antonio Pierro Neto – neurocirurgião funcional, pioneiro na prescrição do canabidiol no Brasil, está à frente do Sechat
  • Pedro Luis Sabaciauskis Pereira – presidente da Santa Cannabis (Associação Catarinense de Cannabis Medicinal)
  • Rafael Evangelista Ladeira – fundador presidente da Aliança Verde – Instituto de Pesquisas de Plantas Medicinais
  • Raoni Murillo Molin – presidente da Associação Canábica Norte Paranaense
  • Ricardo Handro, advogado representante da Cannab
  • Rodrigo Mesquita – Advogado, membro fundador da Reforma Drogas
  • Salomon Tinman – empresário
  • Theo Van Der Loo – presidente da Bayer do Brasil
  • Wilson da Silva Lessa Júnior – Médico e colunista do Sechat
  • Yuri Ben-Hur da Rocha Tejota – advogado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here