Apoiomedicos maconha

No Brasil ainda ouvimos diversas notícias de agressões físicas e simbólicas às religiões, as minorias. O RASTAFARIANISMO, devido à opção de seus praticantes em fazer da MACONHA um sacramento para a comunhão com Jah vem sofrendo com esse preconceito.

Dia 21 de Janeiro é o dia Mundial da Religião no Brasil e em São Paulo ele terá outro significado, o Dia Nacional do Combate à Intolerância Religiosa. Organizado pela ACUCA(Associação Cultural Cannábica de São Paulo) e marcado para a data, o LibertaRás é um ato à favor da libertação de Ras Geraldinho, da legalização da maconha e que bate de frente contra a intolerância de crenças – com reunião marcada para às 14h20, em frente ao Fórum de SP (Metrô Sé).

“No Brasil estas datas não são em vão. Ainda ouvimos diversas notícias de agressões físicas e simbólicas às religiões do ‘outro’, das minorias ‘estranhas’ ao senso comum. Uma das correntes religiosas que mais sofre com esta intolerância religiosa no Brasil é o rastafarianismo, devido à opção de seus praticantes em fazer da maconha um sacramento para a comunhão com Jah”, diz a página do evento.

O nome do ato fala de Ras Geraldinho, um dos maiores símbolos nacionais quanto falamos na luta contra este tipo de intolerância e preconceito ideológico. Líder da Primeira Niubingui Etíope Coptic de Sião no Brasil, Ras está preso há três anos e meio, justamente por defender o livre cultivo da maconha. Ao todo, sua pena chega a 14 anos de prisão e mesmo com Habeas Corpus, emitido em 2014, com pedido de recurso em liberdade, o líder continua atrás das grades.

Leia também: Maconheiros de Jesus, Conheça a Nova Forma que Inventaram Para Estudar a Bíblia

Se você também é a favor da liberdade religiosa, a favor da liberdade de expressão e quer a legalização da maconha, clique aqui e veja como participar do ato.

https://www.facebook.com/events/100797590301257/

Serviço
LiberteRás – Ato pela Legalização da Maconha e Combate à Intolerância Religiosa
21 de janeiro, às 14h20
Em frente ao Fórum (Atrás da Catedral da Sé, perto de metrô)
São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here