Apoiomedicos maconha

A Maconha vai legalizar… É só uma questão de tempo! E isso quem está por dentro do assunto sabe, mas muitos ainda se escondem ou não acreditam que esse tempo pode ser acelerado.

Atualmente a hipocrisia, desinformação e preconceito é tão grande por parte da sociedade, que a maioria dos usuários precisam se esconder atrás de falsos moralismos impostos sobre todos nós, fazendo com que poucos enxerguem que com estratégia e coragem dos que usam a legalização virá com mais velocidade. Então, por favor, você que faz uso da planta, comece a argumentar e estudar o assunto de forma mais eficaz.

Se acostume com os olhares desconfiados e comentários imbecis. Não se incomode com isso, a culpa não é sua se a sociedade não reconhece os benefícios da planta. Atente-se a informar e rebater os ataques gratuitos que recebemos no dia a dia. Entre na zoeira e desconstrua os preconceitos dos que estão ao seu lado.

Se você não consegue tocar o foda-se para todo mundo de uma vez, monte uma estratégia! Reconheça quem você precisa conquistar e abra os olhos destes em primeiro lugar.

Se você trabalha, procure conquistar sua posição profissional junto do seu carisma pessoal. O trabalho na sociedade babilônica é a situação mais importante na cabeça dos ignorantes a respeito de qualquer assunto. Conquistando as conversas durante o almoço/encontros e se colocando como uma pessoa responsável e que entrega resultados, fará de você uma pessoa “necessária” para o sistema. E sobre os ignorantes, chega a ser ridículo como os noticiários realmente usam de táticas como: inserir “diz especialista” ao final das chamadas influenciando aos “menos curiosos” a sair por aí reproduzindo qualquer coisa.

workaholics_04_0407_preview_01_640_360

Se o seu problema é em casa, eu diria para usar os 3C’s para garantir seus argumentos. Coerência, Coesão e Confiança no que você fala é a base de todas as discussões. Com conhecimento sobre o assunto em questão e compreensão sobre a lógica, gramática e retórica, não existe confusão ou falácias durante uma discussão.

Em muitos casos, você será chamado de louco… acostume-se com isso! Mas apesar disso, ninguém conseguirá dizer que você está errado usando essa lógica. Inclusive, você vai até gostar de ser chamado de louco, porque depois de tudo que você estudou e absorveu, você vai ver que seus pensamentos realmente divergem da sociedade e por conta disso você “realmente é louco”. Mas no final todo mundo é louco. O que difere um do outro é a coragem de querer ter uma postura e de fato ser diferente da sociedade comum, não aceitando padrões do qual você não se encaixa. Portanto, é um dever seu mudar o padrão ou viverá reclamando.

Eu sou um louco assumido, declarado e feliz com essa escolha. Por ter coragem e por querer mudar a sociedade, sou visto como maluco na empresa em que ganho meu sustento. Mas sou um louco justo, honesto e verdadeiro. Por conta disso, quando o pior desafio apareceu, lembraram do doido e o colocaram contra os que não acreditaram que daria certo.

bob-marley-cita

Hoje eu tenho voz (baixa e modesta, rs!), ajudei a salvar o emprego de pais e mães de famílias humildes (era a minha obrigação moral, não ganhei nada além do que já sou pago) e continuo sendo visto como louco e maconheiro. Mas como disse antes, sou um louco feliz! Porque na sociedade em que vivemos, só existem dois tipos de loucos:

Os que querem mudanças e lutam por ela; E os outros loucos que trabalham (de graça) para manter a sociedade na mesma merda que era desde a babilônia.

Em qual categoria você quer ser inserido?

Fiquem na paz, meus caros, e vamos à luta!

4 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo texto bem argumentado!!
    Tambem sou um louco igual vc, pois quero fazer alguma coisa para tentar colocar outra visão sociedade hipócrita, egoista e falso moralista.
    nao digo só a respeito da legalização, mas tambem a outros fatos importantes na sociedade
    onde muitos nao ligao uns para os outros, onde nao se importam se o irmão passa fome ou esta com frio.
    muitos só olhao para o proprio umbigo, buscando a sua melhoria social, mas nem ai para outras pessoas ou ate msm passando por cima de varios

  2. Muito bom! Ótimo texto!!
    Me identifiquei desde quando comecei a ler.
    Também faço parte dessa luta. Venho quebrando os tabus e derrubando todo e qualquer argumento hipócrita dos que me são próximos, fazendo-os repensar sobre esses e tantos outros assuntos que a sociedade falso moralista impõe.
    E quando conto as pessoas que sou usuário há 15 anos, deixo-os estupefatos, pois associar a imagem de um homem responsável e trabalhador com a de um maconheiro desconstrói o falso alicerce que eles tinham sobre o assunto.

    Meus parabéns e vamos à luta!

    • Esse é o objetivo! A galera fuma e fica escondido demais… quando eu não fumava era alienado e achava que pouca gente fumava. Passei a fumar e descobri que 90% dos meus amigos já tinham fumado e alguns até reproduzem o preconceito imposto, rs! A galera tem que se mostrar e tornar a Maconha algo tão “normal” quanto a bebida. Qualquer coisa contrária a isso é hipocrisia, ainda mais com tantas aplicações que a Maconha tem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here