Apoiomedicos maconha

Segundo o jornal uruguaio, El País, o o preço da venda da da maconha estatal aumentou hoje em 3,3% e o pacote de cinco gramas passou a custar $220 pesos, que se convertermos pra moeda brasileira seria entorno de 27 reais. O Instituto de Regulamentação e Controle da Cannabis (Ircca), o psicoativo terá ajustes semestrais.

O Ircca é responsável por licenciar empresas privadas para produzir variedades chamadas Alfa I e II que são clones de variedades híbridas com predominancia indica (65 % indica e 35% sativa) e variedades Beta I y II que são clones de híbridas com predominancia sativa (65% sativa e 35% indica).

Quando as farmácias começaram a vender, o preço do pacote de 5 gramas era $187 pesos uruguaios, algo em torno de 22 reais. Em fevereiro de 2018, aumentou 6,9% e foi a $200 pesos, ainda em 2018, em agosto teve um aumento de 6,5% e foi pra $213 (cerca de 26 reais) e agora esse novo “pequeno” aumento.

No mercado negro, o grama da maconha de qualidade superior ou similar chega tem um preço mais alto.

Segundo o Irrca, no informativo sobre cannabis que divulgamos aqui em 30 de novembro, depois de 17 meses de funcionamento com as três formas de conseguir (venda em farmacias, autocultivo e clubes cannábicos), haviam 41.376 pessoas habilitadas para conseguir cannabis de forma legal.

31.565 pessoas compram e reservam cannabis nas farmacias, 6.980 estão registradas como cultivadores domésticos e 2.831 são membros de um dos 110 clubes canábicos“.

As farmácias começaram a vender maconha em julho de 2017 e até final de novembro do ano passado foram vendidos 383.280 transações, totalizando quase 2 toneladas, para ser mais preciso foram 1.916.400 gramas de maconha vendido. 61.5% foram vendidos nas farmácias de Montevidéu e o restante (38,5%) nas farmácias do interior.

Escreva seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here