Apoiomedicos maconha

Sabe aquele ‘cemitério’ de pontas que muitas vezes tem seu conteúdo re-apertado e o papelzinho que suja os dedos que sobra, você nunca sabe o que fazer? Conheça o trabalho de Cliff Maynard e veja uma nova forma de reciclar a seda das suas pontas.

O americano Cliff Maynard aproveitou as pontas dos seus baseados de uma forma um tanto inusitada. Ao invés de jogá-las fora, resolveu reciclá-las, transformando-as em impressionantes quadros de pontas.

Uma ponta – o que sobra de um baseado, carrega muito THC e resina de diferentes tonalidades de marrom. E para mostrar que maconha também é inspiração, separamos alguns trabalhos de Cliff Maynard, que utilizando a técnica do mosaico, recolhe cada um desses simples pedacinhos de papel e transforma em verdadeiras obras de arte.

De acordo com Cliff, “todos os meus trabalhos artísticos originais são feitos apenas de pontas e nada mais. Nenhuma caneta, ou qualquer tipo de tinta é utilizado durante o processo.” Tudo que o artista faz é travar as pontas e usar os pedaços de papéis como um quebra-cabeça. Apesar de parecer fácil, o processo é bem demorado.

cliff-maynard-ponta-arte-maconha

Você pode até não ser um amante da erva, mas se for da arte, o trabalho que você conhecerá a seguir é de tirar o fôlego:

Indica Rising Time Lapse

/p>

arte-ponta-baseado-maconha-indica

Revolution 420 Time Lapse

/p>

Enlightened Justice