Apoiomedicos maconha

Em novo estudo, pesquisadores alemães comprovam que o uso da maconha foi um sucesso no alívio dos sintomas em pessoas que sofrem de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade – normalmente resistentes a outros tipos de tratamento.

Pacientes com TDAH, que são resistentes ao tratamento com terapias farmacológicas convencionais (com medicamentos como metilfenidato, atomoxetina e derivados de anfetamina), podem experimentar uma melhoria nos sintomas através da maconha incluindo a concentração, sono e a redução da impulsividade.

Em um estudo realizado em Berlim, na Alemanha, pesquisadores avaliaram os efeitos do uso medicinal da maconha em 30 pacientes que sofrem de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperativiade (TDAH), que foram resistentes as terapias convencionais, mas relataram uma melhora significativa em sua qualidade de vida após o uso da canabis.

O estudo foi realizado entre 2012 e 2014 com 28 homens e 2 mulheres, com uma média de 30 anos de idade. Em 63% destes pacientes, o TDAH foi diagnosticado apenas durante a vida adulta. Todos os pacientes diagnosticados na infância, entre 6 e 13 anos, tinham sido previamente tratados com metilfenidato. Foi sugerido a 22 dos 30 pacientes que interrompa seus medicamentos convencionais e continuem apenas com o uso medicinal da maconha.

Na legislação alemã, os pacientes que não respondem aos medicamentos e terapias tradicionais podem solicitar ao Ministério da Saúde uma autorização para o uso medicinal da maconha.

Apesar de já existirem alguns relatos sobre o uso e a eficácia da erva no tratamento de TDAH, os estudos científicos ainda são escassos, e até o momento apenas dois estados nos EUA, Califórnia e Washington, permitem a prescrição médica da maconha para tratar a condição. Mas um estudo, publicado em 2008, mostrou um impacto positivo no desempenho, comportamento e estado mental de um indivíduo de 28 anos diagnosticado com o transtorno, segundo publicação da revista High Times.

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperativiade -TDAH, é uma condição que normalmente é identificada em crianças e pode persistir até a fase adulta. A condição é tipicamente caracterizada por hiperatividade, impulsividade, esquecimento, falta de atenção e priorização.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here