Apoiomedicos maconha

A administração da maconha em extratos liquídos contendo THC pode cuidar de diversos sintomas relacionados ao Alzheimer como a agitação e a demência mais, de acordo com dados de ensaios observacionais publicados no The Journal of Alzheimer’s Disease.

Investigadores Israelenses avaliaram a utilização de óleo de maconha como um tratamento adjunto da farmacoterapia em dez pacientes com doença de Alzheimer ao longo de um período de várias semanas. Os investigadores relataram que a administração da droga foi associada com a redução significativa na pontuação gravidade dos sintomas do paciente. Especialmente, a ingestão de óleo de a maconha correspondeu com diminuição dos níveis de agressividade, irritabilidade, apatia, e delírios.

Os investigadores concluíram, “Adicionar maconha medicinal aos pacientes com a doença Alzheimer é um medicamento seguro e uma opção de tratamento promissora.”

A administração de dronabinol (THC sintético, oral, em forma de comprimido) já havia sido relatado por reduzir a agitação induzida pelo Alzheimer e ajudar a ganhar peso, enquanto estudos pré-clínicos teorizaram que canabinoides pode ser um neuroprotetor contra o aparecimento da doença.

Um resumo do estudo, incluindo o teste piloto pode ser visto aqui, em inglês.

 

Escreva seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here