Apoiomedicos maconha

O presidente da Federação Russa de Futebol e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2018, Vitaly Mutko fez uma brincadeira polêmica no último sábado, em São Petersburgo. Durante a entrevista coletiva em um hotel ele disse que mandaria entregar maconha para a seleção holandesa, caso a Laranja Mecânica se classifique para o torneio do ano que vem. Logo após a frase, fez questão de dizer que era uma piada. As infos são do GE.

Ao comentar sobre as opções de centros de treinamento para a Copa, Mutko citou a região de Ulyanovsk como uma das que está preparada para receber as seleções. O local fica a cerca de 800 quilômetros de distância da capital Moscou, por exemplo, e talvez por isso tenha virado o alvo da polêmica piada com os holandeses:

“Vamos recomendar a região de Ulyanovsk para a Holanda. Se eles ficarem lá, podemos mandar entregar maconha para eles. Na Holanda é liberado. Estou brincando, é claro (risos). Em geral, cada equipe faz suas próprias exigências”, disse Mutko.

Primeiro, a Holanda precisa conquistar sua vaga no Mundial. O time ainda está em terceiro lugar do Grupo A das eliminatórias da Europa com 10 pontos, atrás de Suécia e França, ambas com 13. Faltam quatro rodadas e apenas os oito primeiros colocados de cada chave garantem lugar direto na Copa. Os segundos melhores farão repescagem para definir os quatro restantes que irão à Rússia.

Na Holanda o uso de maconha é tolerado em algumas situações específicas. Os “coffee shops”, por exemplo, podem vender cinco gramas por dia para uma pessoa, mas menores de 18 anos não têm permissão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here