Apoiomedicos maconha

Nate Diaz fechou o treino aberto do UFC 241 em Anaheim, Estados Unidos, nesta quarta-feira, dando trabalho à segurança do Ultimate. O lutador – que encara Anthony Pettis no co-evento principal deste sábado – fumou maconha durante sua participação e chegou a passar para os fãs que estavam na arena. Na Califórnia – estado onde aconteceu a atividade – a maconha é legalizada para todos os fins, entretanto, o gesto do irmão de Nick Diaz foi reprovado por Dana White, presidente do UFC, através de um “emoji” de lamentação no Twitter.

Para evitar polêmicas mas fortes Nate alegou que só tinha CBD – uma propriedade da maconha utilizada para fins medicinais e sem efeitos psicoativos – permitida dentro do código da Wada (Agência Mundial Antidoping).

Depois de três anos inativo, Nate fez questão de bancar o estilo bad boy, dando golpes enquanto soltava baforadas no cigarro. Em certo momento, soltou a fumaça em direção aos jornalistas e pediu para passarem seu cigarro ao público. Enquanto assistiam ao americano no tatame, diversos torcedores foram tragando e passando o cigarro de mão em mão – até um segurança recolher.

Na sequência da apresentação, Nate Diaz foi à entrevista explicar a sua inusitada atitude ao longo da atividade.

https://twitter.com/camilopmachado/status/1161792125186400256

Um jornalista interrompeu o americano e perguntou: “Mas o que era aquilo?. Nate respondeu, ironicamente:
– Era CBD, recomendado pelo meu nutricionista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here