A recente matéria da VEJA, escrita por Daniela Pessoa, fala sobre o próximo evento que deverá acontecer no Rio nos próximos dias 18 e 19. Trata-se do primeiro seminário internacional sobre a maconha medicinal, no Museu do Amanhã. Um dos destaques do evento é o neurologista que receita maconha e acompanha cerca de 300 pacientes que fazem uso de maconha medicinal,  Eduardo Faveret, do Instituto Estadual do Cérebro (IEC).

“A literatura médica mostra que se trata de uma terapia segura e eficaz”, esclarece. “É muito triste que ainda haja tanto preconceito e desconhecimento em torno do tema. Poucos médicos no Rio prescrevem o tratamento, mas os venenos da indústria farmacêutica continuam sendo vendidos”, lamenta o médico, que já experimentou, ele mesmo, o óleo de canabidiol contra o stress e a ansiedade e vem batalhando pela regulamentação da venda do remédio. “Poderia substituir o Rivotril um dia”, afirma.

Escreva seu comentário

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here