Apoiomedicos maconha

A revista High Times, a mais antiga revista sobre a cultura canábica dos EUA, colocou o presidente Barack Obama na capa de sua edição de agosto e ainda pediu uma posição oficial do atual governo sobre o tema, já que a erva vem sendo legalizada, regulamentada e comercializada em alguns estados do país. Mas, infelizmente, a resposta do secretário antidrogas de Obama foi surpreendentemente, obstrutiva, e patética.

Na edição de agosto (2015), a chapada revista High Times pedia uma posição oficial do governo Obama sobre a legalização da erva – já que a maconha legal se espalha rapidamente nos estados do país – de um jeito diferente e genial.

“É por isso que tomei a liberdade de colocar você (Barack Obama) em nossa edição de agosto de pé num jardim de maconha, segurando um bong vermelho, branco e azul e dando “um joinha!” à planta. Esse é o nosso sonho!” – Dan Skye editor chefe da HTimes

“Legalize a maconha e acabe com a guerra contra a maconha”. O pedido feito pelo Editor Chefe Dan Skye ao presidente Obama foi totalmente racional:

High_Times

Caro Senhor Obama:

Parafraseando o grande reverendo Martin Luther King: “Nós temos um sonho”. E o nosso sonho é que um presidente dos Estados Unidos legalize a cannabis

É por isso que tomei a liberdade de colocar você em nossa edição de agosto de pé num jardim de maconha, segurando um bong vermelho, branco e azul e dando um “joinha” à planta. Esse é o nosso sonho!

Pesquisadores revelam diariamente os milagres médicos da maconha, mas os políticos e legisladores têm deliberadamente ignorado os fatos e criminalizado os doentes. A luta pela legalização da cannabis tornou-se muito mais do que uma luta por nossos direitos como americanos. Agora, é uma questão de Moral.

A guerra que o governo tem travado contra os seus cidadãos para proibi-los de usar a maconha tem sido trágica e cara: 15 milhões de detenções, uma população carcerária subindo, famílias destruídas, milhares de milhões de dólares de impostos desperdiçados. Tudo isso, apesar do fato de que a história da América – e muito menos o mundo – está entrelaçada com a agricultura e a medicina da cannabis.

Neste momento, de acordo com a Controlled Substances Act -Lei de Substâncias Controladas, a maconha é uma droga de Classe I: com alto potencial de abuso e sem aceitação médica nos EUA.

Estamos pedindo para prestar atenção a sua própria bússola moral e re-classifique ou, melhor ainda, desclassifique completamente. Use o seu poder executivo e torne agora a cannabis livre. Nos Liberte!

Dan Skye – Editor Chefe
HIGH TIMES MAGAZINE

E acredite, diferente dos nossos políticos (que, quando não demoram, nem mesmo respondem a este tipo de assunto), a Casa Branca decidiu responder oficialmente ao questionamento de Dan. Veja um trecho abaixo:

“Agradecemos por escrito. A Administração Obama está comprometida com o desenvolvimento de políticas baseadas na ciência e na investigação, o Governo Federal tem financiado e revisto estudos para compreender melhor os efeitos da maconha sobre os indivíduos, saúde pública e segurança.

Este governo se opõe a legalização (federal) da maconha, e nossa abordagem política centra-se na melhoria da saúde pública e segurança através da prevenção, tratamento, apoio para a recuperação e estratégias inovadoras de justiça criminal para quebrar o ciclo de uso de drogas e crime.”

Entre dados antigos da década de 90, onde tentam mostrar o porque de não haver uma mudança imediata a nível federal, a Casa Branca diz estar interessada nos componentes medicinais da maconha. “É por isso que apoiamos as investigações em curso para avaliar quais componentes da planta pode ser utilizada como medicamento”.

Pelo que tudo indica, a legalização da maconha continuará caminhando estado a estado até atingir todo o território norte-americano obrigando um posicionamento do governo a nível federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here