Apoiomedicos maconha

O programa BOM DIA DF, da Rede Globo, recebeu Renato Malcher, neurocientista, professor e pesquisador da Universidade de Brasília, que defende o uso medicinal da maconha para comentar o caso do pequeno Gustavo e da morosidade da Anvisa. O neurocientista também fala sobre os benefícios do CBD e tece duras críticas a Anvisa. Assista:

Preconceito contra a maconha, o canabidiol como remédio que salva vidas, efeitos no corpo e a posição da Anvisa sobre os casos: estes são alguns assuntos explorados pelo neurocientista, professor e pesquisador da Universidade de Brasília, Renato Malcher, na entrevista concedida ao jornal Bom Dia DF, da Rede Globo.

O doutor também conversou com o jornalista para esclarecer outras questões, como a retardação da decisão da Anvisa e a importância da decisão sobre o CBD ser o quanto antes, pois beneficiaria até 700 mil portadores da epilepsia refratária: “A Anvisa está atrasada. Ela tinha que formar uma força tarefa para ajudá-los, porque eles estão perdidos diante desta situação”, diz Renato.

Assista:

“Parece que a Anvisa está um pouco perplexa diante desse paradoxo entre lidar com o remédio vindo da maconha e o preconceito da sociedade.” – Renato Malcher

Aperte e leia: Anvisa investigará demora na liberação do CBD para criança que morreu

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here