Apoiomedicos maconha

A dificuldade em se obter o canabidiol, medicamento derivado da maconha, está colocando em risco a vida de Sofia, de apenas 4 anos. A família luta contra o tempo e o alto custo para importar o extrato.

c08zolwhajlw1afxyuq11oebnMaria Sofia é uma menina de apenas 4 anos, portadora de epilepsia e que está em coma induzido há 22 dias. Apesar de já estar cadastrada na ANVISA para poder usar o CBD, a agência precisa permitir a importação¹, já que o remédio não é produzido no Brasil.

Segundo a avó, Dilza Corrêa, em entrevista ao jornal O Dia, “o uso do canabidiol fez com que Sofia saísse do estado gravíssimo. Sem a substância, as convulsões não vão cessar e ela corre o risco de morrer”.

Após a permissão, a menina ainda terá que esperar mais 20 dias para receber o remédio, sendo que só tem CBD suficiente para mais uma semana de tratamento.

Outro problema para a família é que o frasco do remédio custa US$ 90 e dura apenas 2 dias. Atualmente, Sofia precisa de 15 fracos por mês, o que totaliza um valor de US$ 1350, equivalente a cerca de R$ 5200 – isso sem contar o preço da taxa de importação. Para conseguir pagar, os familiares da criança estão pedindo doações a partir de uma corrente no Facebook.

¹Atualização:

img_3915 (1)

Família de Sofia recebe autorização para importação do CBD

Após dias de apreensão e espera, o bancário Rodrigo Alencar, de 34 anos, recebeu uma notícia que pode salvar a vida de sua filha Maria Sofia Alencar, de 4 anos, segundo publicação no site G1.

O sofrimento para conseguir a autorização da Anvisa terminou nesta quinta-feira, após receber um e-mail com a liberação. No entanto, Rodrigo não sabe se terá tempo de dar continuidade no tratamento e, muito menos, se irá conseguir arcar com os R$ 5 mil mensais que serão gastos com a filha.

“Depois de um tempo, a gente conseguiu a autorização da Anvisa. O neuropediatra deu entrada na semana passada e hoje chegou por e-mail a autorização. Agora vou fazer a importação do remédio e ver em quanto tempo chega. Falaram que a importação demora duas semanas, talvez eu tenha que interromper o tratamento, não sei como vai ser. Eu fiz as contas e o custo vai ser mais de R$ 5 mil por mês, não sei como vai ser porque eu não tenho esse dinheiro”, afirmou.

Clique aqui e ajude a pequena Maria Sofia

Através do banco, basta fazer uma doação na conta do Itaú de Dilza Corrêa Pereira Alencar, com a agência 8072 e conta corrente 15667-5. No momento da doação, é preciso escrever o seu nome (nome do doador) e a palavra Sofia, para que a família identifique quem está dando o dinheiro.

Esse é só mais um fato que reflete o descaso do Estado com a população. Mesmo sabendo que é questão de vida ou morte, deixam para resolver depois. Estamos de olho!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here