Apoiomedicos maconha

Conhecido no mundo do MMA, comentarista destacou que nova política de controle da organização poderá causar problemas para atletas que fazem uso da erva. As informações são do Sportv

Uma das personalidades do MMA, Joe Rogan foi polêmico ao falar sobre a novo programa de controle de doping imposta pelo UFC. Em seu podcast, o comentarista oficial da organização nos Estados Unidos destacou que cada vez mais os atletas poderão ter problemas, principalmente pelo uso de maconha, que, de acordo com Rogan, é costume de um grande número de lutadores.

– Aí está uma coisa estranha sobre artes marciais. Uma quantidade enorme de lutadores do Ultimate fuma maconha. Quero dizer uma grande quantidade mesmo, e isso (novo programa de controle de doping) será um problema para eles. Agora eles precisam parar de fumar um mês, ou até mais, antes de suas lutas, ou serão pegos no doping.

O objetivo do programa antidoping do Ultimate (USADA) é minimizar o uso de esteroides e outras substâncias que possam melhorar o desempenho dos lutadores, incluindo maconha e demais drogas ilícitas.

Aperte e Leia: UFC convoca coletiva para anunciar e debater medidas contra o doping

O último caso de uso de maconha que chamou a atenção foi do americano Nick Diaz, que testou positivo nos exames para o UFC 183, quando derrotado por Anderson Silva. O Spider, porém, também foi pego por o uso dos esteroides anabolizantes drostanolona e androsterona e, também, de ansiolíticos no dia da luta, sendo suspenso por um ano.

Diaz não foi o único flagrado no exame pelo uso da droga. Thiago Silva, Matt Riddle, Jessica Eye, Pat Healy, Yancy Medeiros e Robbie Peralta também testaram positivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here