Apoiomedicos maconha

Estudo acompanhou centenas de pessoas por mais de 20 anos e não foi detectado nenhuma diferença nos resultados sobre a saúde dos usuários.

“O que encontramos foi um pouco surpreendente”, disseram os pesquisadores, ao informar que relativamente poucas pessoas desenvolveram sintomas psicóticos.

O consumo da maconha na adolescência não está ligados a problemas futuros de saúde, como depressão, sintomas psicóticos ou asma, revela estudo recente, publicado na revista científica Psychology of Addictive Behaviors.

Os pesquisadores não encontraram nenhuma diferença na saúde física ou mental de adultos que fumaram maconha na adolescência, comparados aqueles que não consumiram.

“O que encontramos foi um pouco surpreendente”, disse o pesquisador, Dr. Jordan Bechtold da Universidade de Pittsburgh. “Não houve diferença em nenhum dos resultados de saúde mental ou física que nós medimos, independente da quantidade ou frequência de uso da maconha durante a adolescência.”

Como parte do estudo, os pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, na Pensilvânia, e da Universidade Rutgers, em Nova Jérsei, acompanharam 408 homens, de Pittsburgh, da adolescência até seus 30 e poucos anos.

Os homens no estudo foram divididos em quatro grupos baseados no consumo da maconha.

Os grupos foram separados em: aqueles que nunca ou raramente usaram maconha 46%; aqueles que utilizaram durante a adolescência 11%; os que mantiveram o hábito na fase adulta 21%; e aqueles que começaram cedo e tornaram-se consumidores regulares da erva na idade adulta 22%.

Com base em estudos anteriores, os pesquisadores esperavam encontrar uma ligação entre o uso de maconha na adolescência e o desenvolvimento de sintomas psicóticos (por exemplo; delírios e alucinações), câncer, asma ou problemas respiratórios, mas os resultados comprovaram o contrário.

O estudo também não achou ligação alguma entre o uso de maconha na adolescência e a depressão, ansiedade, alergias, dores de cabeça ou pressão arterial elevada. Não houve diferenças nos resultados com base na raça ou etnia.

Este é um dos poucos estudos focados nos efeitos na saúde a longo prazo do usuário de maconha na adolescência, monitorando centenas de pessoas por mais de duas décadas, disse Dr. Bechtold.

Os usuários precoces e a longo prazo relataram que o período de maior consumo foi durante a adolescência. Porém, o uso foi reduzido a medida que envelheceram. Poucos participantes tiveram sintomas psicóticos, segundo observações dos pesquisadores.

Uma vez que o estudo incluiu apenas indivíduos do sexo masculino, não houve resultados ou conclusões sobre as mulheres.

As informações são via Daily Mail – Link para o estudo na íntegra: https://www.apa.org/pubs/journals/releases/adb-adb0000103.pdf
Tradução SmokeBud

Escreva seu comentário

26 COMENTÁRIOS

    • Você fala com uma autoridade sobre o assunto, gostaria que me explicasse como chegou nesta decisão. Sendo que nosso corpo é um sistema endocanabinóide e temos os receptores para os diversos compostos da Cannabis Sativa. Ao englobar toda droga, você falou desta planta que sofre preconceito por causa de interesses econômicos e diferenças sociais.
      Faz mais mal que o álcool? Que a farinha de trigo refinada enriquecida com ferro e ácido fólico? E as pessoas viciadas no trigo? Açúcar? Gordura? Bebidas gaseificadas e açucaradas? Isso faz mais mal.
      Para reduzir os danos causados pelo ato de fumar, existem alternativas de consumo como vaporização e ingestão. Mas infelizmente não se tem um produto de boa qualidade e de fácil acesso. Deste modo, como você quer comprar um prensado e querer fazer manteiga para servir de base para preparação de pratos na culinária?
      O preconceito faz mais mal que qualquer droga.

    • Você fala com uma autoridade sobre o assunto, gostaria que me explicasse como chegou nesta decisão. Sendo que nosso corpo é um sistema endocanabinóide e temos os receptores para os diversos compostos da Cannabis Sativa. Ao englobar toda droga, você falou desta planta que sofre preconceito por causa de interesses econômicos e diferenças sociais.
      Faz mais mal que o álcool? Que a farinha de trigo refinada enriquecida com ferro e ácido fólico? E as pessoas viciadas no trigo? Açúcar? Gordura? Bebidas gaseificadas e açucaradas? Isso faz mais mal.
      Para reduzir os danos causados pelo ato de fumar, existem alternativas de consumo como vaporização e ingestão. Mas infelizmente não se tem um produto de boa qualidade e de fácil acesso. Deste modo, como você quer comprar um prensado e querer fazer manteiga para servir de base para preparação de pratos na culinária?
      O preconceito faz mais mal que qualquer droga.

    • Você fala com uma autoridade sobre o assunto, gostaria que me explicasse como chegou nesta decisão. Sendo que nosso corpo é um sistema endocanabinóide e temos os receptores para os diversos compostos da Cannabis Sativa. Ao englobar toda droga, você falou desta planta que sofre preconceito por causa de interesses econômicos e diferenças sociais.
      Faz mais mal que o álcool? Que a farinha de trigo refinada enriquecida com ferro e ácido fólico? E as pessoas viciadas no trigo? Açúcar? Gordura? Bebidas gaseificadas e açucaradas? Isso faz mais mal.
      Para reduzir os danos causados pelo ato de fumar, existem alternativas de consumo como vaporização e ingestão. Mas infelizmente não se tem um produto de boa qualidade e de fácil acesso. Deste modo, como você quer comprar um prensado e querer fazer manteiga para servir de base para preparação de pratos na culinária?
      O preconceito faz mais mal que qualquer droga.

  1. seu MC donalds não faz mal a saúde é? Que ideia conservadora… Você não dormir corretamente faz mal a saúde… Tudo pode prejudicar, mas e agora me diz os benefícios? Ideia vencida.

  2. essa frescura deveria acabar a muito tempo. Sou mega a favor da maconha e de sua liberação para as pessoas. Sou um ex usuário porque infelizmente eu sou geneticamente ansioso e tive transtorno de pânico. Muitos vão achar que é a maconha que causa isso e NÃO É! EU TENHO A PREDISPOSIÇÃO! Queria eu poder lombrar de boa como antes, mas acredito que mais pra frente eu possa. Liberem e deixem de mimimi¬_¬

  3. essa frescura deveria acabar a muito tempo. Sou mega a favor da maconha e de sua liberação para as pessoas. Sou um ex usuário porque infelizmente eu sou geneticamente ansioso e tive transtorno de pânico. Muitos vão achar que é a maconha que causa isso e NÃO É! EU TENHO A PREDISPOSIÇÃO! Queria eu poder lombrar de boa como antes, mas acredito que mais pra frente eu possa. Liberem e deixem de mimimi¬_¬

    • Eu também tive um ataque de pânico mano,mas eu sempre fumei e isso nunca tinha me acontecido,aí um dia fui fumar com meu amigo ele começou a entrar numa viagem totalmente errada e eu cai na mesma,eu ainda fumo só que muito pouco comparado a antes dessa cena,adquiri uma ansiedade ante coisas importantes que eu não tinha antes também,é osso mas eu não queria parar de fumar,queria curtir a mesma brisa que eu curtia antes =/

      • Uhum eu tou ligado. Já que faz muito tempo que parei eu desacostumei a usar, mas na época eu não queria ter parado, queria que tivesse um tratamento de pânico que possibilitasse o uso da erva, mas não tem e tive que abrir mão. Infelizmente quem sofre de ansiedade nao relaxa de verdade sacas, pelo menos no meu caso é assim. Ai temo em usar, mesmo que pouco e desencadear um novo quadro de pânico. Hoje estou curado de pânico, mas sou conhecido da ansiedade. Convivo diariamente com ela e já estou bastante acostumado. Pelo menos parei de fumar cigarro

      • Uhum eu tou ligado. Já que faz muito tempo que parei eu desacostumei a usar, mas na época eu não queria ter parado, queria que tivesse um tratamento de pânico que possibilitasse o uso da erva, mas não tem e tive que abrir mão. Infelizmente quem sofre de ansiedade nao relaxa de verdade sacas, pelo menos no meu caso é assim. Ai temo em usar, mesmo que pouco e desencadear um novo quadro de pânico. Hoje estou curado de pânico, mas sou conhecido da ansiedade. Convivo diariamente com ela e já estou bastante acostumado. Pelo menos parei de fumar cigarro

    • Eu também tive um ataque de pânico mano,mas eu sempre fumei e isso nunca tinha me acontecido,aí um dia fui fumar com meu amigo ele começou a entrar numa viagem totalmente errada e eu cai na mesma,eu ainda fumo só que muito pouco comparado a antes dessa cena,adquiri uma ansiedade ante coisas importantes que eu não tinha antes também,é osso mas eu não queria parar de fumar,queria curtir a mesma brisa que eu curtia antes =/

  4. essa frescura deveria acabar a muito tempo. Sou mega a favor da maconha e de sua liberação para as pessoas. Sou um ex usuário porque infelizmente eu sou geneticamente ansioso e tive transtorno de pânico. Muitos vão achar que é a maconha que causa isso e NÃO É! EU TENHO A PREDISPOSIÇÃO! Queria eu poder lombrar de boa como antes, mas acredito que mais pra frente eu possa. Liberem e deixem de mimimi¬_¬

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here